Impressões


O Fantaspoa é um exemplo de que Porto Alegre pode ser visionária e que seus habitantes podem ser contemporâneos, abertos ao novo, curiosos e dispostos a enfrentar o frio e a chuva do outono quando se trata de uma programação que já lhes cativou. Tá certo que esse poder de sedução não vem de hoje e os gaúchos demoraram alguns anos pra se render aos encantos do festival. E se renderam, para nossa sorte, pois o Fantaspoa – Festival Internacional de Cinema Fantástico de Porto Alegre é um dos principais eventos do gênero no mundo e somos privilegiados de tê-lo aqui, todo o ano, sempre maior e melhor.

Além de renomados diretores, atores, produtores, roteiristas e técnicos em efeitos especiais, iluminação, som e maquiagem de diversos países, das premieres mundiais e nacionais, dos filmes polêmicos e controversos, o festival traz um recorte de uma produção muito vasta do chamado “cinema fantástico” e cada dia mais conectada com “nosso mundo”. Os temas passam pela cruel modernidade do mundo digital, pelas experiências – nem sempre salutares – da medicina, pelos imensos problemas ambientais e suas consequências, pelas loucuras, delírios, contradições, emoções, ansiedades, sutilezas e extremos do homem contemporâneo. Isso tudo somado aos zumbis, clássicos do terror, sessões musicadas e/ou comentadas, filmes trash, comédias de horror e os filmes com muito sangue e vísceras, lógico!

Temos o prazer de divulgar o Fantaspoa desde suas primeiras edições, quando poucos de nós encaravam as salas de cinema ainda vazias do festival. Hoje o que se vê são grandes filas incríveis (blogueiras, atenção!!!!) com gente de todos os tipos, cores, cabelos, tatuagens, vestimentas, maquiagens, fantasias e máscaras, todos bem normais, aguardando a hora de comprar seu ingresso na bilheteria. A cidade ganha – além de uma criteriosa programação de cinema, escolhida a dedo por seus obstinados idealizadores João Pedro Fleck e Nicolas Tonsho – ares de metrópole, gente aberta para o debates e trocas, festas temáticas incríveis e um pedacinho da cultura de cada canto – desde os mais famosos aos mais remotos países e continentes – aqui, em nossa cidade.

Não perca por nada desse mundo! Acompanhe em nosso site toda a programação e comentários!

* O Fantaspoa tem sessão de abertura dia 19 de maio, às 21h30min com o filme “The Book of Birdie”, da norte-americana Elizabeth Schuck, que estará presente para a sessão comentada, na Cinemateca Capitólio.

*cartaz do Fantaspoa XII edição – por Elizabeth Schuch

Impressões de Bebê Baumgarten

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *